Psicologia Judiciária - CEJ (Canal 1)

O Centro de Estudos Judiciários apresenta no dia 22 de Março uma formação sobre Psicologia Judiciária.

Objetivos:
Essencial no trabalho diário desenvolvido pelos magistrados quer na apreciação de depoimentos de testemunhas, quer na relação estabelecida com crianças, a formação nesta matéria traduz uma enorme mais valia que complementa o trabalho em concreto desenvolvido na área penal.

09h45 – Abertura
- Direção do Centro de Estudos Judiciários

10h00 - O que faz correr David? (o princípio da audição da criança em sede judiciária)
- Paulo Guerra, juiz desembargado e diretor-adjunto do CEJ

10h40 – Pausa

11h00 - A avaliação psicológica no contexto dos processos relativos à família e às crianças
- Joana Baptista, professora auxiliar no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE)

12h30 – Debate
Moderação: Chandra Gracias, juiz de direito e docente do CEJ

14h30 - O processo cognitivo: como facilitar a fluidez no discurso da criança (1.ª parte)

O processo de avaliação, a motivação, e a intervenção na delinquência infanto-juvenil (2.ª parte)

- Ricardo Barroso, investigador e professor auxiliar da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

16h10 – Debate
Moderação: Ana Teresa Leal, procuradora da República e docente do CEJ


Para mais informações contacte directamente o Centro de Estudos Judiciários ou consulte o programa em anexo.

Hora: 09h45
Local: Tribunal da Relação do Porto
Organização: Centro de Estudos Judiciários

Programa: Anexo